skip to Main Content

Prefeitura orienta sobre práticas corretas durante isolamento domiciliar

O melhor a se fazer para evitar a contaminação do coronavírus é ficar em casa, sem aglomerações, mas há situações em que o isolamento domiciliar é regra aplicável, especialmente para quem foi diagnosticado ou apresenta suspeita. Nesses casos existe uma série de cuidados indispensáveis para evitar a proliferação do vírus e manter o ambiente seguro.
Entre as orientações está o isolamento da pessoa com covid-19 em um cômodo, com a porta fechada e janelas abertas para circulação do ar e entrada de luz, além do uso de máscara. Sofás, cadeiras ou colchões não devem ser compartilhados e a recomendação é manter 2 metros de distância da pessoa infectada dos demais moradores.
Objetos pessoais, como talheres, sabonetes, pasta de dente e toalhas, devem ser separados, as superfícies tocadas pela pessoa isolada devem ser limpas constantemente, em especial o banheiro, quando possível, deve ser de uso exclusivo. Lençóis da cama devem ser trocados pela pessoa isolada e se houver secreções o item deve ser embalado em sacos plásticos antes da limpeza, o mesmo vale para roupas. O guia completo pode ser acessado clicando aqui.
De modo algum a pessoa confirmada ou com suspeita de covid-19 deve sair de casa sem autorização médica. O fim do isolamento será autorizado após avaliação de profissionais. Para quem veio do exterior ou de locais com casos confirmados, o distanciamento social também é válido, mesmo se não apresentar sintomas, como dor, febre e tosse seca. Neste caso o tempo de isolamento deve durar por 14 dias.
Pessoas que apresentarem os sintomas pode conectar equipes de saúde por meio da Ouvidoria Municipal no telefone 156 ou online: http://geoproc.maringa.pr.gov.br:8081/sistema156/. Se sentir que necessidade de ajuda médica, o paciente deve se deslocar até a Unidade de Pronto Atendimento Zona Norte (R. Ana Neri, 1073 – Jardim Alvorada) e em urgências, ligar para o Samu (192).
Guia do isolamento orienta boas práticas para segurança dos pacientes suspeitos de coronavírus e família
Compartilhe:

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top