skip to Main Content

Pesquisadores estão nas ruas na última etapa da pesquisa com testes rápidos

Começou na manhã de hoje, 1º de julho, a quarta e última etapa da aplicação de testes rápidos na pesquisa sobre coronavirus em parceria entre Prefeitura, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Uningá e Unicesumar. São 250 testes aplicados hoje, somando total de 950 nas quatro etapas. Dados serão usados em ações de prevenção contra doença na cidade.
O primeiro a fazer teste hoje foi o militar aposentado Jairo Ferreira dos Santos, 61 anos. Morador do Conjunto Ney Braga, recebeu equipe de pesquisadores sendo receptivo ao teste. “Como sou cardíaco, evito sair de casa, uso sempre máscara de proteção e me preocupo porque já teve gente da família que pegou coronavírus”, comentou Santos, após ver que seu teste deu negativo.
Também bem receptiva foi a dona de casa Eliana Oliveira Gomes, 47 anos. Ela reforçou cuidados da família, com marido e filho. Eles evitam sair de casa, estão sempre com máscara de proteção, têm cuidado com higienização das mãos e até não recebem visitas em casa. “Sou a favor de fazer o teste e que outras pessoas também façam”, considera Gomes, cujo teste também deu negativo para coronavírus.
Testes rápidos seguem durante todo o dia em diferentes regiões da cidade. Resultado sai em torno de 15 minutos e é informado ao morador no local. Pesquisadores estão com Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e são identificados com crachá.
Equipes da Secretaria da Saúde passaram essa semana nas residências definidas nas rotas para informar antes moradores da pesquisa. O morador é questionado se ele aceita participar ou não. Em caso de recusa, vizinhos são abordados. Quem aceita, também responde questionário com questões de saúde e rotina da família. Dados e resultados dos testes serão analisados pelo coordenador do Laboratório de Virologia Clínica da UEM, Denis Bertolin, resultando na pesquisa.
Testes foram aplicados nos dias 20 de maio,4 de junho, 17 de junho e hoje. Cada etapa é em ruas e bairros diferentes. O que foi definido pelos departamentos de Geografia e de Estatística da UEM após analisar notificações de corornavírus nas 34 Unidades Básicas de Saúde (UBSs).
• Saiba como foi feita rota dos testes nos bairros da cidade.
Resultado sai em torno de 15 minutos e é informado ao morador
Foto: Aldemir de Moraes / PMM
Compartilhe:

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top